Docentes da FOP participam de cerimônia de encerramento de projeto em parceria com Secretaria de Saúde

Professores da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp participaram de solenidade de encerramento do curso de extensão para “Capacitação em saúde geral e bucal para profissionais que atuam no ensino infantil”, na Secretaria de Educação de Piracicaba, na manhã dessa quarta-feira (13). O projeto é uma parceria dos Programas de Pós-Graduação da FOP, com o apoio da Coordenadoria de Pós-Graduação, com a Secretaria Municipal de Educação, cujo objetivo é promover e otimizar o conhecimento de professores do ensino básico (crianças de 0 a 5 anos) e agentes de saúde em relação à saúde geral e bucal para aplicação no ensino com as crianças.

O diretor da FOP, Guilherme Elias Pessanha Henriques, falou da importância da parceria.  O curso visou a capacitação dos agentes de saúde e dos professores da rede municipal com relação a saúde bucal, primeiros socorros, trauma dental. São aspectos que podem ocorrer em uma situação normal de um evento na escola. “É uma parceria importante para a FOP porque a extensão universitária traz grandes benefícios para os programas de pós-graduação. A rede municipal é extremamente grande e a estrutura da FOP permite que se estenda esses conhecimentos aos agentes de saúde e professores, uma vez que o alvo principal são os alunos. Noções essenciais de saúde bucal e geral é importante para o município, mas, é de supra importância para FOP. Tenho certeza que essa parceria continuará para os próximos anos” avalia Pessanha.

A ideia surgiu com a necessidade dos programas de pós-graduação de dar um retorno a uma solicitação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), para que os programas de pós-graduação trabalhassem mais próximos da educação básica, explica a coordenadora dos Programas de Pós-graduação da FOP, Cinthia Pereira Machado Tachoury. Contudo, ela acredita que o projeto vai além. “Acho que a parceria é maior. É muito mais ampla, porque estamos dando retorno da universidade, de todo investimento da sociedade por meio da Secretaria de Educação. Conseguimos transmitir conhecimento que os professores tem, utilizar a estrutura da universidade para poder passar conhecimento para os referidos docentes e agentes escolares. Com certeza, vão multiplicar esse conhecimento tanto para os alunos, para as famílias dos alunos e, para suas próprias famílias”, conta a coordenadora, e acrescenta, “eu diria que esse curso foi apenas um projeto piloto. Agora vamos melhorar, verificar o que deu certo, o que pode ser melhorado, incluído e começar a programar um curso para o próximo ano”. O projeto conseguiu atingir 35 professoras e 5 agentes escolares. O município conta com 3000 professores do ensino básico.

Laís Ferraz de Camargo, representando a secretária de educação do município, Ângela Maria Jorge Correa, disse que a parceria que se estabeleceu esse ano foi fundamental para atualização profissional das professoras e das agentes de saúde. “Parcerias como essa com universidades de Piracicaba só vem agregar e enriquecer o trabalho das professoras, uma vez que o objetivo nosso são as crianças, e com isso, podemos melhorar a qualidade de vida deles e o aprendizado”, avalia.

Já, para Cláudia Regina Ferreira Paruso, agente escolar de saúde, representando o setor de saúde escolar, o curso foi muito bom. “Tivemos muitas informações relevantes para passar, não apenas para as crianças, mas também para o nosso cotidiano, nossas famílias”.