PROEXT

O Programa de Extensão Universitária (ProExt) foi instituído mediante DECRETO Nº 6.495, DE 30 DE JUNHO DE 2008. Tem a finalidade de apoiar instituições públicas de educação superior no desenvolvimento de programas ou projetos de extensão universitária que contribuam para a implementação de políticas públicas, com vistas a ampliar sua interação com a sociedade.

Objetivos

  • centralizar e racionalizar as ações de apoio à extensão universitária desenvolvidas no âmbito do Ministério da Educação;
  • dotar as instituições públicas de ensino superior de melhores condições de gestão das atividades acadêmicas de extensão, permitindo planejamento de longo prazo;
  • potencializar e ampliar os patamares de qualidade das ações de extensão, projetando-as para a sociedade e contribuindo para o alcance da missão das instituições públicas de ensino superior;
  • fomentar programas e projetos de extensão que contribuam para o fortalecimento de políticas públicas;
  • estimular o desenvolvimento social e o espírito crítico dos estudantes, bem como a atuação profissional pautada na cidadania e na função social da educação superior;
  • contribuir para a melhoria da qualidade da educação brasileira por meio do contato direto dos estudantes com realidades concretas e da troca de saberes acadêmicos e populares;
  • propiciar a democratização e difusão do conhecimento acadêmico; e
  • fomentar o estreitamento dos vínculos entre as instituições de ensino superior e as comunidades populares do entorno.

Como participar

Inscrição de proposta que se refere a programas ou projetos afins com as atuais políticas públicas, em especial com as políticas sociais.

O Ministério da Educação (MEC) define Projeto de Extensão como um conjunto de ações processuais contínuas, de caráter educativo, social, cultural ou tecnológico, com objetivo específico e prazo determinado. O Programa de Extensão é definido como sendo um conjunto articulado de projetos e outras ações de extensão, de caráter multidisciplinar e integrado a atividades de pesquisa e de ensino. Tem caráter orgânico-institucional, integração no território e/ou grupos populacionais, clareza de diretrizes e orientação para um objetivo comum, sendo executado a médio e longo prazo por alunos orientados por um ou mais docentes da Unicamp.

Quem pode participar

Docentes e alunos de graduação regularmente matriculados na Unicamp.

Quando se inscrever

Geralmente o MEC divulga os editais no primeiro semestre de cada ano e, mais especificamente, no mês de fevereiro.

Anos Anteriores